Justiça tira a carteira de motorista de Thor Batista de novo

Os desembargadores entenderam que a habilitação deveria permanecer suspensa para a manutenção da ordem pública

Rio – Por dois votos a um, a 5.ª Câmara Criminal negou a liberação da Carteira Nacional de Habilitação de Thor Batista, filho do empresário Eike Batista. O rapaz perdeu o direito de dirigir depois de atropelar e matar o ciclista Wanderson Pereira Santos, em março.

Os desembargadores entenderam que a habilitação deveria permanecer suspensa para a manutenção da ordem pública.

Thor, que teve 11 infrações de trânsito entre 2010 e 2011, havia voltado a dirigir por conta de um mandado de segurança. Com a nova decisão da Justiça, o rapaz terá de devolver a habilitação ao Detran.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.