Justiça manda retomar obras no Aeroporto de Guarulhos

Na segunda-feira, a Justiça Federal havia determinado a imediata paralisação da obra por contratação de empresa sem licitação

São Paulo - O Tribunal Regional Federal da 3ª Região determinou hoje a retomada das obras de construção do terminal remoto do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. A informação foi confirmada pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Na segunda-feira, a Justiça Federal havia determinado a imediata paralisação da obra de construção do terceiro terminal de passageiros. A justificativa da juíza Louise Vilela Filgueiras Borer para a medida foi a contratação sem licitação da empresa responsável pelo novo terminal, a Delta Construções S/A.

O procedimento licitatório não foi feito devido à urgência pela proximidade da Copa do Mundo de 2014. Para o Ministério Público Federal (MPF), essa "urgência provocada" é para forçar os órgãos do controle do patrimônio público a aceitar as contratações à margem da Lei de Licitação.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.