FRANÇA 2 x 1 DINAMARCA:

França é a primeira classificada para oitavas de final Veja agora.

Júri do Carandiru pode ser remarcado novamente, diz TJ

O julgamento permanecerá suspenso pelo menos até às 14h desta quinta-feira, 18
Plenário do Fórum da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, onde 26 policiais militares serão julgados pelo caso que ficou conhecido como Massacre do Carandiru  (Marcelo Camargo/ABr)
Plenário do Fórum da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, onde 26 policiais militares serão julgados pelo caso que ficou conhecido como Massacre do Carandiru (Marcelo Camargo/ABr)
D
Da RedaçãoPublicado em 18/04/2013 às 13:43.

São Paulo - O julgamento do massacre do Carandiru permanecerá suspenso pelo menos até às 14h desta quinta-feira, 18.

O Tribunal de Justiça de São Paulo divulgou uma nota informando que "no momento, não há condições de retornar aos trabalhos. Na hora do almoço o paciente passará por nova avaliação médica e, se houver possibilidade, o trabalho será retomado. Entretanto, não se descarta a possibilidade de dissolução do Conselho de Sentença, caso não haja melhora."

Um dos jurados passou mal na manhã de quarta-feira, dia 17, e o júri está suspenso desde então.

Se o Conselho de Sentença for dissolvido, o julgamento terá de ser remarcado e todas as testemunhas terão que depor novamente. 11 testemunhas - 6 de defesa e 5 de acusação - já tinham sido ouvidas.

Se retomado, após a leitura das peças de acusação e defesa, os jurados irão ouvir quatro dos 26 policiais militares acusados de 15 mortes no 1º andar do Pavilhão 9 do Carandiru, em 2 de outubro de 1992.