J. Safra reduz previsão de PIB após dado da indústria

Expectativa para o crescimento do 4º tri foi de 1,2% para 1%; para o ano todo, de 7,7% para 7,5%

São Paulo - A produção industrial abaixo das expectativas em dezembro abaixo levou o Banco J. Safra a reduzir a previsão para o crescimento da economia brasileira em 2010, disse o economista Cristiano Oliveira.

A projeção para o Produto Interno Bruto no ano passado foi cortada de um crescimento de 7,7 por cento para 7,5 por cento. Já a estimativa para o quarto trimestre de 2010 foi reduzida de 1,2 por cento para 1 por cento, disse Oliveira, economista do banco de investimentos do Grupo Safra, sediado em São Paulo.

“Uma parcela da demanda está indo para a compra de importados e isso está afetando a nossa indústria”, disse o economista. Segundo ele, os dados de vendas de automóveis de janeiro também mostraram queda quando considerados os ajustes sazonais, revelando efeitos iniciais do aumento do compulsório.

A produção industrial de dezembro caiu inesperadamente, recuando 0,7 por cento em dezembro sobre novembro, após recuar 0,1 por cento no mês anterior. A mediana das estimativas em pesquisa Bloomberg indicava alta de 0,9 por cento.

Segundo Oliveira, o carregamento do resultado da produção industrial de 2010 para 2011 pode resultar em revisões para baixo da estimativa para o indicador neste ano.

O Comitê de Política Monetária subiu a taxa básica de juros em 50 pontos-base para 11,25 por cento no mês passado para conter a inflação.

“Com esse dado, diminui a chance de alta da Selic em 75 pontos-base em março”, disse Oliveira. Um ponto-base equivale a 0,01 ponto percentual

O Banco J. Safra prevê que o BC eleve a Selic em mais 50 pontos-base em cada uma das duas próximas reuniões do Copom.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também