Brasil

Como fazer CPF pelo celular: primeira e segunda via

Veja como é fácil fazer o CPF pelo celular, principal documento de identificação do brasileiro

CPF (Reprodução/Wikimedia Commons)

CPF (Reprodução/Wikimedia Commons)

Thais Tenher
Thais Tenher

Jornalista freelancer

Publicado em 20 de junho de 2024 às 07h00.

Última atualização em 24 de junho de 2024 às 16h43.

O CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) é um dos documentos mais importantes do cidadão brasileiro que, além de identificar as pessoas por meio dos 11 dígitos, é a principal forma de controle da Receita Federal para a realização do Imposto de Renda. 

Antes, era muito comum enfrentar filas para fazer o CPF, mas, agora, essa realidade mudou e todo o processo pode ser feito online e, em alguns casos, com um horário para finalizar a solicitação. Por isso, vamos te explicar, com um passo a passo, como fazer a primeira e segunda via do seu CPF pelo celular

Como fazer a primeira via do CPF pelo celular?

Já se deparou com um cartão de plástico azul com o número de CPF? Essa versão do documento já não existe desde 2010, quando o número do Cadastro de Pessoa Física foi integrado a outros documentos, como o RG e a CNH

Portanto, assim que feita a primeira via do CPF, você receberá um comprovante de inscrição, que reforça a idoneidade daquele número de CPF inscrito. E é claro, a partir do momento de renovação dos demais documentos, automaticamente o número de CPF já será incluído nele. 

Veja o passo a passo para solicitar a primeira via do CPF, usando o seu celular: 

Pelo site da Receita Federal 

Ao acessar o site da Receita Federal, existem três modalidades para inscrição do CPF: brasileiros residentes no país, brasileiros residentes no exterior e cidadão estrangeiro. Escolha a opção que lhe encaixa e siga o restante do tutorial: 

  1. Acesse o site da Receita Federal e preencha o formulário eletrônico correspondente ao perfil em que você se encaixa; 
  2. Após preencher o formulário, que solicitará informações de identificação, localização e contatos, clique em enviar; 
  3. Você receberá um protocolo e deve realizar um agendamento na unidade mais próxima da Receita Federal; 
  4. Pronto. Com o horário marcado, apresente documentos como o RG, título de eleitor e certidão de nascimento para finalizar a solicitação. 

O tempo estimado de espera é de, até, 15 minutos. Em dois dias úteis, o documento já estará disponível para uso. 

Como fazer o CPF do meu filho pela internet?

Para fazer o CPF do seu filho pela internet, é necessário seguir o mesmo passo a passo ensinado anteriormente, mas inserindo as informações da criança. É possível que a Receita Federal peça informações complementares para concluir o cadastro, portanto, veja a lista de documentos para cada um dos casos: 

Para jovens entre 16 e 17 anos

Se o requerente for um dos pais, tutor ou guardião:

  • Certidão de nascimento ou documento de identificação oficial com foto do menor;
  • Documento de identificação oficial com foto do requerente (um dos pais, tutor ou responsável pela guarda); 
  • Documento que comprove tutela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso.

Menores de 16 anos

  • Certidão de Nascimento ou documento de identificação oficial com foto do menor, que comprove naturalidade (para estrangeiros, a nacionalidade), filiação e data de nascimento; 
  • Documento de identificação oficial com foto do requerente (um dos pais, tutor, ou responsável pela guarda); 
  • Documento que comprove tutela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso.

Pessoa com deficiência com 18 anos de idade ou mais

Se o solicitante forem os pais: 

  • Laudo médico atestando a deficiência;
  • Certidão de Nascimento ou documento de identificação oficial com foto da pessoa e do requerente;
  • Documento que comprove o parentesco. 

Quanto custa para fazer CPF online?

Para fazer o CPF online, o custo do requerimento e serviço é gratuito. Mas, se o trâmite for feito presencialmente, o único valor que precisa ser pago é para a unidade de atendimento conveniada. O custo do CPF é de R$7,00. 

Dentre as unidades de atendimento conveniadas, estão: Banco do Brasil, Correios, Caixa Econômica Federal e Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais. 

O que é preciso para fazer o CPF nos Correios?

Os Correios são um dos pontos de atendimento para fazer o CPF atualmente. Para isso, você só precisa ir até a agência dos Correios mais próxima da sua casa, solicitar o serviço, pagar a taxa estabelecida e você já sairá com o seu CPF feito de lá. 

É necessário levar alguns documentos, se elegíveis: 

  • Título de eleitor; 
  • Alistamento eleitoral; 
  • protocolo de inscrição ou certidão da Justiça Eleitoral atestando a não obrigatoriedade do alistamento eleitoral).

Se a solicitação de CPF for para um menor de idade, ele precisa ser feito pelos representantes legais com documentos como RG, certidão de nascimento e demais documentos que comprovem a guarda ou tutela. 

Como fazer a 2ª via do CPF pelo celular 

Se você já tem um CPF cadastrado e deseja ter a segunda via do documento, o processo é ainda mais simples, e pode ser feito por sites e aplicativo. Veja o tutorial com cada uma das opções responsáveis pela emissão da segunda via: 

Pelo site da Receita Federal 

  1. Acesse o site da Receita Federal
  2. Preencha o formulário de inscrição com as informações solicitadas; 
  3. Clique em “enviar”; 
  4. E pronto. Acesse o comprovante de CPF disponibilizado pela Receita. 

Pelo app CPF digital 

  1. Baixe o aplicativo “CPF digital”, disponível para celulares de modelo Android e iOS; 
  2. Preencha as informações solicitadas pelo app; 
  3. Faça o reconhecimento facial, com a câmera posicionada em modo selfie, seguindo as diretrizes solicitadas pelo app, como piscar e sorrir para a câmera. 

Depois, é só clicar em enviar e você já terá acesso ao CPF no próprio aplicativo. 

Pelo e-cac 

Por fim, o e-cac é outra plataforma em que é possível ter acesso à segunda via do documento. Veja como fazer: 

  1. Acesse a página do e-cac, na área de login;
  2. Faça o seu login e senha, que pode ser realizado com as informações do e-cac ou, então, com o login e senha do gov.br; 
  3. Ao logar, você já terá acesso ao documento.

Leia também

Acompanhe tudo sobre:Documentação

Mais de Brasil

André Mendonça, do STF, dá 30 dias para governo concluir renegociação das multas da Lava-Jato

Força-tarefa extingue 30 pontos de queimada no Pantanal, diz Marina

CCJ do Senado adia votação da PEC do marco temporal de áreas indígenas

Preocupação do brasileiro com violência cresce em quase um ano e chega a 19%, aponta Genial/Quaest

Mais na Exame