Greve dos caminhoneiros: Os serviços que funcionam hoje em São Paulo

Mesmo depois de mais concessões por parte do governo, o fim da greve dos caminhoneiros ainda é incerto

São Paulo - Mesmo depois de mais concessões por parte do governo federal, a greve dos caminhoneiros chega ao seu oitavo dia nesta segunda-feira (28). Na noite de ontem, o presidente Michel Temer fez novo pronunciamento anunciando redução de 46 centavos no preço do diesel pelos próximos 60 dias e publicou outras três medidas provisórias para atender as reivindicações.

O fim da greve, porém, ainda é incerto.

Nos grupos de WhatsApp dos caminhoneiros, a ordem é manter a paralisação, pelo menos, até terça-feira (29). Por ora, a maioria concordou em liberar as estradas, mas devem continuar estacionados em pontos estratégicos.

Quem deve ter uma trégua, no entanto, são os paulistanos. Segundo a prefeitura da cidade, algumas medidas já foram tomadas para retomar a normalização dos serviços essenciais. No sábado (26), a Polícia Militar realizou uma operação para buscar um milhão de litros de diesel em uma distribuidora da Petrobras. Além disso, três postos da cidade firmaram acordo para serem ponto de abastecimento exclusivo de veículos de serviços essenciais da Prefeitura.

Ainda assim, motoristas de vans escolares marcaram um protesto para esta segunda-feira na Avenida Paulista. Eles também reivindicam a redução de preços dos combustíveis.

Veja os serviços que estão funcionando em São Paulo:

Ônibus

De acordo com a SPTrans, 61% da frota está operando normalmente nesta segunda-feira. Com o atual nível dos estoques e a previsão de novas aquisições, a estimativa da prefeitura é de que se consiga colocar de 60 a 80% da frota em circulação. A operação de terça (29) em diante depende da chegada de mais combustível.

Metrô e CPTM

As linhas do metrô e da CPTM operam normalmente e funcionam com 100% da frota.

Carros

O rodízio municipal de veículos permanece suspenso pela Companhia de Engenharia de Trafego (CET). A orientação é para que os agentes de trânsito não apliquem multas aos motoristas que tiverem pane seca, fazendo apenas a remoção do veículo para um local seguro e onde não prejudique o trânsito. 

Coleta de lixo

A coleta de lixo domiciliar deve operar normalmente até amanhã de manhã. A coleta seletiva segue suspensa, mas a coleta hospitalar, a limpeza pós-feiras livres e o recolhimento de animais mortos estão mantidos, segundo a prefeitura. Os serviços de varrição de vias e logradouros e estão garantidos nesta segunda-feira.

Saúde

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo informa que todas as unidades estão funcionando normalmente. As ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-SP) estão usando os três postos direcionados pelo Sincopetro e operam normalmente. O mesmo vale para o transporte de vacinas e medicamentos. Os Hospitais Municipais também estão abastecidos com oxigênio e diesel para os geradores.

Educação

A Secretaria Municipal de Educação informa que as escolas da rede municipal abrirão as portas na segunda-feira, com a oferta de merenda especial, elaborado com supervisão da Coordenadoria de Alimentação Escolar, de acordo com os insumos disponíveis em estoque. A Prefeitura estuda uma ação para ajudar as fornecedoras de merenda terceirizada na obtenção de insumos, especialmente gás de cozinha.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.