Brasil

Governo quer realizar até três leilões para grandes ferrovias em 2025, diz ministro dos Transportes

Entre as ferrovias estão a Leste-Oeste e o Anel Ferroviário, que está em vias de conclusão

Renan Filho, ministro de Transportes (Leandro Fonseca/Exame)

Renan Filho, ministro de Transportes (Leandro Fonseca/Exame)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 12 de junho de 2024 às 16h46.

O ministro de Transportes, Renan Filho, afirmou nesta quarta-feira que o governo quer realizar entre dois a três leilões em 2025 voltados para grandes ferrovias. Uma delas é a ferrovia Leste-Oeste, segundo o ministro, a fim de facilitar a integração da produção e exportação brasileira.

A outra é a do Anel Ferroviário, que está em vias de conclusão, e que prevê integrar as malhas ferroviárias da região Sudeste.

— Esse ano, devemos ter 12 leilões de rodovias na Bolsa de Valores de São Paulo que devem levantar algo em torno de R$ 180 bilhões. E, no próximo ano, vamos levar dois ou três leilões para grandes ferrovias no Brasil — disse Renan Filho.

Em evento que reúne líderes e investidores árabes no Rio, o ministro de Transportes enfatizou que o Brasil tem um “pipeline” de projetos arrojados, com uma economia complementar às dos países do Oriente Médio. E conclamou que os investidores que aqui alocarem recursos terão retorno garantido:

— Aqueles que vierem ao Brasil terão retorno do seu capital. E, além do retorno, garantirão a segurança alimentar do planeta — afirmou. — Se o Brasil exporta alimentos mais baratos, sobretudo insumo para produção de proteína animal, isso signifca também colaboração para conter a inflação internacional. Tudo isso com sustentabilidade ambiental. Por isso, oferecemos grandes oportunidades.

Renan Filho participou de um painel sobre cadeias de fornecimento globais e gargalos logísticos em meio às tensões geopolíticas no Fórum de Investimentos Prioridade 2024. O encontro reúne líderes, investidores e CEOs globais no Copacabana Palace, no Rio.

Acompanhe tudo sobre:Ministério dos TransportesGoverno LulaRenan Filho

Mais de Brasil

Estudo da Nasa aponta que Brasil pode ficar 'inabitável' em 50 anos; entenda

Temperatura acima de 30°C para 13 capitais e alerta de chuva para 4 estados; veja previsão

Discreta, Lu Alckmin descarta ser vice de Tabata: 'Nunca serei candidata'

Desconhecido, Novo PAC não decola e frustra expectativas de ganho político para o governo

Mais na Exame