• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,90 -0.61
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 14,02 -0.85
  • AERI3 R$ 3,64 -1.62
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 19,14 0.21
  • ALUP11 R$ 26,80 0.75
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 30,05 -1.60
  • AMER3 R$ 23,47 1.65
  • AMZO34 R$ 66,64 -0.42
  • ANIM3 R$ 5,45 -1.09
  • ARZZ3 R$ 81,36 0.20
  • ASAI3 R$ 15,96 3.30
  • AZUL4 R$ 21,10 -0.66
  • B3SA3 R$ 12,04 1.95
  • BBAS3 R$ 37,00 3.64
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,90 -0.61
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 14,02 -0.85
  • AERI3 R$ 3,64 -1.62
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 19,14 0.21
  • ALUP11 R$ 26,80 0.75
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 30,05 -1.60
  • AMER3 R$ 23,47 1.65
  • AMZO34 R$ 66,64 -0.42
  • ANIM3 R$ 5,45 -1.09
  • ARZZ3 R$ 81,36 0.20
  • ASAI3 R$ 15,96 3.30
  • AZUL4 R$ 21,10 -0.66
  • B3SA3 R$ 12,04 1.95
  • BBAS3 R$ 37,00 3.64
Abra sua conta no BTG

Governo libera passageiros do Reino Unido, Índia e África do Sul

Teste do tipo antígeno passa a ser aceito para quem entrar no país por via aérea
 (Getty Images/Agency)
(Getty Images/Agency)
Por Agência O GloboPublicado em 06/10/2021 13:02 | Última atualização em 06/10/2021 13:02Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O governo brasileiro editou na terça-feira uma portaria que acaba com a restrição de entrada no país para passageiros vindos do Reino Unido, África do Sul e Índia por via aérea. Essa proibição havia sido imposta devido a variantes do novo coronavírus detectadas nesses países (variantes alfa, belta e delta, respectivamente).

A mudança foi feita em portaria publicada na terça-feira em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). O texto mantém outras restrições, como a proibição de entrada no país de estrangeiros por rodovias ou outros meios terrestres, salvo algumas exceções já estabelecidas, como para familiares de brasileiros.

A chegada de voos provenientes do Reino Unido estava proibida desde dezembro. A mesma restrição foi aplicada em janeiro para a África do Sul e em maio para a Índia.

Outra alteração feita pela portaria é que quem chega por via área pode agora apresentar um resultado negativo de um teste de antígeno feito em até 24h antes do embarque. Antes, só estava autorizada a entrada de quem apresentasse resultado negativo de um teste do tipo RT-PCR feito até 7h antes do embarque. Essa opção permanece.

Também continua a autorização, a partir do dia 1º de novembro, da entrada no país por vias aquaviárias, o que inclui o retorno dos cruzeiros marítimos.