Genial/Quaest: Haddad lidera no 1º turno em SP e Garcia venceria petista no 2º

Se comparada com a pesquisa anterior, de 9 de setembro, Haddad caiu 2 pontos percentuais, Tarcísio subiu 1%
O ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) aparece em segundo lugar, com 21%, seguido do governador Rodrigo Garcia (PSDB), que tem 20% (Renato Pizzutto/Band/Divulgação)
O ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) aparece em segundo lugar, com 21%, seguido do governador Rodrigo Garcia (PSDB), que tem 20% (Renato Pizzutto/Band/Divulgação)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 26/09/2022 às 13:11.

Última atualização em 26/09/2022 às 14:08.

Pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta segunda-feira (26) mostra que o ex-prefeito da capital paulista Fernando Haddad (PT) lidera nas intenções de voto para o governo de São Paulo no primeiro turno, com 31% no cenário estimulado. O ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) aparece em segundo lugar, com 21%, seguido do governador Rodrigo Garcia (PSDB), que tem 20%.

Se comparada com a pesquisa anterior, de 9 de setembro, Haddad caiu 2 pontos porcentuais, Tarcísio subiu 1%, e o atual governador do Estado, Rodrigo Garcia, cresceu cinco pontos porcentuais, acima da margem de erro, de 2 pp.

Antonio Jorge (DC), Gabriel Colombo (PCB), Vinicius Poit (Novo), Carol Vigliar (Unidade Popular) e Elvis Cezar (PDT) estão empatados com 1%. Altino Júnior (PSTU) e Edson Dorta (PCO) não pontuaram. Os indecisos são 11% e os votos em branco e nulos e os que não pretendem votar, 12%.

Segundo turno

A pesquisa também mostra que Garcia teria vantagem sobre ambos os adversários em um eventual segundo turno. Contra Haddad, o tucano venceria com 45% dos votos e 36% do petista. Se comparado com o levantamento anterior, Garcia cresceu dez pontos porcentuais, e Haddad caiu 4 pontos. Nas projeções para segundo turno, Haddad venceria Tarcísio com 42% dos votos contra 39% do ex-ministro.

Contra o candidato apoiado pelo Planalto, Garcia teria 40% dos votos, enquanto Tarcísio teria 31%. Novamente, o tucano cresceu dez pp, enquanto o ex-ministro da Infraestrutura oscilou 1 ponto negativamente.

Senado

A pesquisa também mostra as intenções de voto para senador. O ex-governador Márcio França (PSB) tem 26% e o astronauta Marcos Pontes (PL) 25%. O candidato do Planalto oscilou positivamente 2 p.p. e França 1 pp.

Janaina Paschoal (PRTB) tem 5%. Aldo Rebelo (PDT) e Edson Aparecido (MDB) estão empatados com 2%. Vivian Mendes (UP), Ricardo Mellão (Novo), professor Tito Bellini (PCB) e Antônio Carlos (PCO) têm 1%. Os indecisos são 17% e os votos em branco e nulos e os que não pretendem votar, 18%.

No levantamento, foram entrevistadas 2 mil eleitores acima de 16 anos de 22 a 25 de setembro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob número SP-03475/2022 e BR-04442/2022.

Veja também:

45% dos eleitores de Ciro e 39% dos de Tebet apoiariam Lula no 2º turno, diz pesquisa BTG/FSB

Pesquisa eleitoral: Lula cresce 1 ponto e chega a 48% em votos válidos, diz BTG/FSB