A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

FGV prevê crescimento de 7,5% do PIB em 2010

Taxa de juros Selic deverá fechar 2011 no mesmo patamar que terá ao final de 2010, de 10,75% ao ano

O Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) prevê um crescimento de 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010 e de 4,6% em 2011, segundo dados apresentados em seminário realizado hoje na instituição pela economista Silvia Matos. No que diz respeito ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a expectativa é de uma inflação de 5 6% em 2010 e de 4,8% em 2011.

O recuo na inflação oficial de um ano para o outro ocorrerá, segundo as projeções da FGV, por causa da menor variação em serviços (de 7,4% projetados em 2010 para 5,9%) e no grupo de alimentos e bebidas (de 9,6% para 5,5%). Segundo Silvia, o aumento do salário mínimo (que ela avalia que subirá para R$ 550) no ano que vem será "mais ameno" do que este ano, o que possibilitará um alívio na inflação dos serviços.

Ainda segundo os dados apresentados pela economista, a taxa de juros Selic deverá fechar 2011 no mesmo patamar que terá ao final de 2010, de 10,75% ao ano. As projeções apresentadas pela economista no seminário são mais otimistas do que as de outros participantes do evento, como os economistas-chefes do Itaú Unibanco, Ilan Goldfajn e do Santander, Alexandre Schwartsman, que estimam inflação (IPCA) acima de 5% no ano que vem.

A FGV estima um superávit primário de 3,2% em 2011, enquanto Goldfajn projeta 2,5% "esperando ser surpreendido" e Schwartsman, o mais pessimista, não espera um patamar acima de 2%. Os dois economistas estimam aumento na taxa de juros no próximo ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também