Estado de SP vai começar vacinação de policiais e professores em abril

Serão vacinados todos os profissionais da educação das redes pública e privada de ensino. Mais de 5 milhões de pessoas já receberam pelo menos a primeira dose em SP
 (Rodrigo Paiva/Getty Images)
(Rodrigo Paiva/Getty Images)
G
Gilson Garrett Jr

Publicado em 24/03/2021 às 12:39.

Última atualização em 24/03/2021 às 13:50.

O estado de São Paulo vai começar a vacinar policiais e professores contra a covid-19 a partir do dia 5 de abril. A imunização tem início com as forças de segurança. Nesta etapa estão 180 mil agentes, entre policiais militares, policiais civis, bombeiros e guardas municipais. Já os profissionais da educação serão vacinados a partir do dia 12 de abril. Mais de 5 milhões de pessoas no estado de São Paulo já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19.

Serão imunizados todos os profissionais das redes pública e privada de ensino infantil, fundamental, médio e superior. A primeira etapa deve alcançar um total de 350 mil pessoas, incluindo professores, funcionários das escolas e diretores. O governo vai começar com a educação básica, para pessoas com mais de 47 anos. No caso da rede privada, será exigido contracheque de pelo menos dois meses de trabalho. Em breve o estado vai divulgar a data de início para fazer o pré-cadastro de vacinação desses novos grupos.

(Governo de São Paulo/Divulgação)

Na terça-feira, 23, o estado de São Paulo registrou o pior número de vítimas da covid-19 em 24 horas: 1.021. A taxa de ocupação de leitos de UTI é uma das mais altas já registradas, em 92%. Na Grande São Paulo este número é de 91%, mas já há hospitais em que a ocupação chegou a 100%.

Mesmo sem terminar, o mês de março é o mais letal da pandemia de covid-19 não só em São Paulo, mas em todo o Brasil. Especialistas em saúde pública ouvidos por EXAME dizem que o país chegou a este momento por uma soma de fatores, dentre eles as novas variantes do coronavírus, mais transmissíveis, a livre circulação de pessoas no fim de 2020 e começo de 2021, além da vacinação lenta.

Por isso a intenção do governo paulista é acelerar ao máximo a imunização. O estado vai antecipar a imunização de idosos entre 69 e 71 anos para esta sexta-feira, 26. Inicialmente estava prevista para o sábado, 27.

(Governo de São Paulo/Divulgação)

Butantan entrega novo lote de vacina

Nesta quarta-feira, 24, o Instituto Butantan entregou um novo lote de vacinas contra a covid-19 para o Ministério da Saúde. Neste carregamento estão 2,2 milhões de doses, que podem imunizar mais de 1 milhão de pessoas, considerando as duas doses. Na próxima semana serão entregues mais 8 milhões.

Desde janeiro, o Butantan já entregou um total de 27,8 milhões de vacinas contra o coronavírus. A previsão é de concluir a primeira etapa de envio de 46 milhões de doses até o fim de abril. O outro lote, de 54 milhões, deve ser entregue até agosto, um mês antes do previsto inicialmente em contrato entre o instituto e o governo federal.

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.