Enem será em fevereiro nas cidades que decidirem não realizar a prova

A mesma regra vale para o candidato que tenha sintomas de covid-19 ou esteja em quarentena. A prova está prevista para ocorrer nos dias 17 e 24 de janeiro

Nas cidades que decidirem não realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em janeiro, por conta da pandemia de covid-19, a prova será aplicada nos dias 23 e 24 de fevereiro. A informação foi repassada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) para o portal G1.

A mesma regra vale para o candidato que tenha sintomas de covid-19 ou esteja em quarentena. A prova está prevista para ocorrer nos dias 17 e 24 de janeiro.

A prefeitura de Manaus informou que devido ao aumento do número de casos e mortes pelo novo coronavírus na capital amazonense, as escolas municipais não serão liberadas para a realização do exame. O Inep ainda busca uma solução para substituir os locais de prova.

Na terça-feira, 12, a Justiça Federal negou o pedido de adiamento do Enem. O pedido havia sido feito pela Defensoria Pública da União (DPU) e o Ministério Público Federal (MPF). Entidades estudantis fazem pressão pela alteração na data das provas, que ocorrem em meio à segunda onda da pandemia no Brasil. A DPU informou que vai recorrer da decisão.

Confira algumas orientações para o Enem 2020:

  • Uso de máscaras de proteção facial durante toda a aplicação será obrigatório.
  • É obrigatória a apresentação de via original de documento oficial de identificação com foto para a realização das provas. Confira a lista completa no edital.
  • A única caneta aceita é a esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente.
  • Guardar, antes de entrar na sala de provas, em envelope porta-objetos, a Declaração de Comparecimento impressa, o telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos desligados, além de outros pertences não permitidos.
  • Manter os aparelhos eletrônicos como celular, tablet, pulseiras e relógios inteligentes com todos os aplicativos, funções e sistemas desativados e desligados, incluindo alarmes, no envelope porta-objetos lacrado e identificado, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva do local de provas.
  • Manter, debaixo da carteira, o envelope porta-objetos, lacrado e identificado, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva do local de provas.
  • Iniciar as provas somente após a autorização do aplicador, ler e conferir todas as instruções contidas na capa do caderno de questões, no cartão-resposta, na folha de redação, na folha de rascunho e nos demais documentos do exame.

(Com Estadão Conteúdo)

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.