Embaixadora do Brasil em Angola é nova cônsul em NY

Natural do Ceará, Ana Lucy ingressou na carreira diplomática em 1978 e já passou por locais como Washington, Budapeste, Genebra e Assunção

São Paulo - O Consulado-Geral do Brasil em Nova York, uma das principais representações diplomáticas do país no exterior, tem um novo cônsul-geral e, pela primeira vez em mais de 50 anos, uma mulher, a embaixadora Ana Lucy Gentil Cabral Petersen.

Natural do Ceará, formada em comunicação social, Ana Lucy ingressou na carreira diplomática em 1978 e já passou por locais como Washington, Budapeste, Genebra e Assunção.

Antes de Nova York, ela era a embaixadora do Brasil em Angola. Ana Lucy substitui o embaixador Luís Felipe Seixas Corrêa, que ficou no comando do consulado por dois anos, até o fim de 2013.

O consulado brasileiro em Nova York é a representação nacional no exterior que mais tem movimento, tanto de brasileiros que viajam ou residem na região, como de norte-americanos interessados em vistos para o Brasil.

São mais de 50 mil vistos por ano e cerca de cem mil documentos diversos processados anualmente. Por causa do alto volume de serviços nos últimos anos, o consulado teve de mudar de sede na cidade em 2013, para um local maior.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.