Em pronunciamento, Bolsonaro agradece Maia por ajudar na Previdência

Em vídeo de dois minutos transmitido em rede nacional, Bolsonaro também disse que reforma da Previdência ajudará a reduzir desigualdade social

São Paulo - Em pronunciamento em rede nacional na noite desta quarta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro celebrou a aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados na noite de ontem.

No vídeo de apenas dois minutos, ele agradeceu "o empenho e o trabalho da maioria dos deputados e o comprometimento do presidente Rodrigo Maia" e disse que "o governo continua a contar com o espirito patriótico dos parlamentares" na tramitação da medida.

A aprovação da reforma na CCJ foi por um placar de 48 contra 18 e ocorreu após uma sessão turbulenta que durou 9 horas.

O texto ficou na CCJ por mais de dois meses e a aprovação só foi possível após um acordo com líderes do Centrão para retirada de quatro pontos controversos mas sem impacto fiscal.

A reforma segue agora para a Comissão Especial, onde será analisado o mérito e novas modificações devem ser feitas.

Em seu pronunciamento, Bolsonaro também destacou que sem mudanças na Previdência o governo não terá condições de investir "nas áreas mais importantes para as famílias", citando educação, saúde e segurança, e que ela servirá "principalmente reduzir a desigualdade social, porque os mais pobres pagarão menos".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.