A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

É falsa mensagem de que Haddad teria desistido das eleições de 2018

Fake news circula por app de mensagens e redes sociais. Vídeo do candidato, gravado nas eleições à Prefeitura de São Paulo em 2016, foi tirado de contexto

São Paulo - Fernando Haddad não gravou um vídeo recentemente afirmando que "a eleição acabou, mas a campanha não".

Circula por aplicativos de mensagens (como o WhatsApp) e por redes sociais (como o Facebook) uma fake news afirmando que o candidato do PT à Presidência teria desistido das eleições de 2018 - nas quais aparece como a segundo candidato em intenções de voto, com 27,8%, atrás de Jair Bolsonaro (PSL), com 42,6%. As informações são do veículo G1 e confirmadas pelo Projeto Comprova.

O vídeo é verdadeiro, mas foi gravado após as eleições para a Prefeitura de São Paulo, em outubro de 2016. Na ocasião, Fernando Haddad perdeu para o candidato João Doria Junior, do PSDB, eleito no primeiro turno com 53,29% dos votos.

No vídeo, Haddad afirma que "ainda há profissionais que precisam receber pelo trabalho que fizeram, um trabalho dedicado ao longo da campanha" e pede que as pessoas colaborem com doações para "quitar esses compromissos com profissionais e seguir a vida que a política não para".

Postagem afirmando que Haddad teria desistido das eleições, com vídeo de Fernando Haddad de 2016, é fake news Postagem afirmando que Haddad teria desistido das eleições, com vídeo de Fernando Haddad de 2016, é fake news

Postagem afirmando que Haddad teria desistido das eleições, com vídeo de Fernando Haddad de 2016, é fake news (Projeto Comprova/Reprodução)

A gravação vem acompanhada de uma mensagem: "Haddad jogando a toalha afirmando que a eleição acabou, mas precisa de dinheiro para pagar os ajudantes da campanha que ainda estão sem receber. Então aqueles vídeos de apoiadores do PT exigindo receber o dinheiro do dia trabalhado são pura verdade!!!".

A coligação O Brasil Feliz de Novo (que reúne PT, PCdoB e PROS) postou em seu site um posicionamento sobre a mensagem e vídeo disseminados pela internet.

"Se você recebeu no WhatsApp um vídeo de Fernando Haddad dizendo que 'a eleição acabou, mas a campanha ainda não' e pedindo sua contribuição, não acredite. O vídeo se refere à campanha de Haddad para a prefeitura de São Paulo, em 2016. Seguimos firmes na disputa eleitoral, isolados em segundo lugar em todas as pesquisas, e rumo ao segundo turno, no qual temos grandes chances de vitória."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também