Doria desmente festa na casa do filho e diz ser vítima de 'fake news'

João Doria usou as redes sociais para desmentir um vídeo gravado por sua vizinha com música alta na vizinhança do governador no Jardim Europa, bairro nobre na zona sul da capital paulista

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), usou as redes sociais neste sábado, 6, para desmentir um vídeo gravado por sua vizinha. A mulher registrou música alta na casa da frente no Jardim Europa, bairro nobre na zona sul da capital paulista, onde disse morar o filho mais velho do tucano, João Doria Neto, o Jhonny.

"Filho do Doria fazendo festa. Está lotado aí dentro. Festa com som. Ali é a casa do Doria e aqui é o filho. As polícias todas lá para proteger ele e aqui o filho dando festa em plena pandemia. Muito bem. Com música ao vivo, tá? Muito bem. Parabéns. Ele fecha o País, mas o filho está dando uma festa aqui do lado da casa dele. Música ao vivo, legal, a vida continua para ele", narra a vizinha no vídeo gravado na noite de sexta-feira, 5.

Nas redes sociais, o tucano chamou o registro de "fake news". Segundo a assessoria do governo, a casa é alugada e Jhonny não é o morador. "A casa não é do filho do governador João Doria. Havia 3 pessoas cantando karaokê no momento. Ao serem abordadas diminuíram o som para não incomodar a vizinha", diz a publicação.

O Estadão apurou que, enquanto uma mulher tentava registrar a suposta festa, Doria chegou a ir até a rua, acompanhado pelo segurança, para verificar a movimentação. A assessoria diz que ele "foi até lá pedir educadamente que abaixassem o som".

"A vizinha e mais duas mulheres, que cantavam karaokê, prontamente atenderam ao pedido do governador", informou o governo.

Pessoas próximas do tucano dizem que ele anda irritado com hostilidades e notícias falsas de que tem sido alvo em meio à guerra contra a pandemia e medidas restritivas adotadas pelo governo.

"Não procede a informação de que o filho do governador João Doria deu uma festa na sexta-feira", diz nota recebida pela reportagem. "Fato é que o governador, ao ouvir música alta na casa vizinha, foi até lá pedir educadamente que abaixassem o som. A vizinha e mais duas mulheres, que cantavam karaokê, prontamente atenderam ao pedido do governador. O filho do governador não mora naquela casa que aparece no vídeo", diz o texto.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.