Doria chama grevista de vagabundo e preguiçoso

“Eu acordo cedo e trabalho. Eu não sou grevista que dorme, é preguiçoso e acorda tarde. Eu não sou Jaiminho, não”, disse o prefeito

São Paulo – O prefeito de São Paulo, João Doria, voltou a criticar nesta sexta-feira (28) os participantes da chamada Greve Geral. Em entrevista à Jovem Pan, o tucano negou que manifestantes tenham conseguido bloquear sua saída de casa pela manhã. E sobrou uma provocação para os grevistas:

“Eu acordo cedo e trabalho. Eu não sou grevista que dorme, é preguiçoso e acorda tarde. Eu não sou Jaiminho, não”, disse o prefeito, antes de chamá-los de “vagabundos” e dizer que “trabalha muito”.

Doria ainda aconselhou seus opositores a “acordarem mais cedo”, caso “queiram bloquear sua saída”.

Segundo ele, os servidores da prefeitura que aderirem ao movimento serão descontados, mas haverá “absoluta tolerância” com aqueles que se atrasarem por conta de bloqueios e paralisações de transportes.

Sobre os sindicatos que organizaram as mobilizações a despeito de liminares da justiça, Doria prometeu punições rigorosas. “Fiquem certos que vamos cobrar as multas daqueles sindicatos que romperam a ordem e a determinação da justiça. Vamos cobrar as multas”, disse.

Confira um trecho da entrevista dada ao Jornal da Manhã:

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.