Brasil

Dino anuncia ato do governo para celebrar democracia em 8 de janeiro

Evento ocorrerá no Senado Federal e deve reunir os chefes dos Três Poderes

Flávio Dino, ministro da Justiça (Horacio Villalobos/Getty Images)

Flávio Dino, ministro da Justiça (Horacio Villalobos/Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 21 de dezembro de 2023 às 15h57.

Última atualização em 21 de dezembro de 2023 às 15h58.

O ministro da Justiça e Segurança Pública e futuro ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Flávio Dino, anunciou nesta quinta-feira, 21, o evento para lembrar os ataques aos prédios públicos no 8 de janeiro de 2023 e reforçar compromissos dos Três Poderes com a democracia.

O evento ocorrerá dia 8 de janeiro, às 15h, no Senado Federal. Os chefes dos Três Poderes estarão presentes.

O anúncio foi feito durante evento de balanço do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Durante a fala, Dino disse ter enfrentado um dos maiores desafios profissionais de sua vida no dia dos ataques golpistas, em que permaneceu durante 12 horas em pé.

"Todos têm o direito de trafegar à direita ou à esquerda na avenida, mas ninguém tem o direito de destruir a avenida", disse o ministro em uma metáfora em alusão à democracia e a posicionamentos políticos.

Dino também agradeceu sua equipe, especialmente às mulheres, dizendo saber que se trata de um ambiente com pouca representatividade feminina. "É uma área muito masculina. Muito."

Despedida do ministério

"Não morrerei, só trocarei de lugar", brincou Dino em clima de despedida. Era previsto que ele continuasse sendo ministro da Justiça até dia 8, como afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira, 20. Mas o ministro comentou no anúncio do ato que permanecerá no cargo até "dia 10 ou 12 de janeiro".

Lula havia confirmado a permanência dele à frente da Justiça até o ato de 1 ano dos ataques golpistas de 8 de janeiro. Dino assumirá como ministro do STF no dia 22 de fevereiro.

Acompanhe tudo sobre:Flávio Dino

Mais de Brasil

Em SC, chuvas elevam rio que corta Blumenau em 6 metros e município entra em estado de alerta

Governo federal vai transferir recursos para reforma de escolas no RS

Após receber novas doses, SP vai retomar a vacinação contra dengue neste sábado

Boulos quer câmeras corporais em agentes da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo

Mais na Exame