Janot continua no comando da Procuradoria-Geral da República

59 senadores votaram a favor da recondução de Janot, 12 foram contrários e houve uma abstenção na votação sobre a permanência de Janot

Brasília - A presidente Dilma Rousseff reconduziu Rodrigo Janot Monteiro de Barros ao cargo de procurador-geral da República, conforme decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Janot teve o nome aprovado para continuar à frente da Procuradoria-Geral da República por mais dois anos pelo Senado no fim de agosto, sob críticas de senadores quanto aos rumos tomados pela Operação Lava Jato.

No Plenário da Casa, 59 senadores votaram a favor da recondução de Janot, 12 foram contrários e houve uma abstenção. Antes, ele havia sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) por 26 votos a favor e um contra, depois de passar por sabatina de mais de dez horas. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.