Dilma decreta sete dias de luto pela morte de Mandela

Segundo auxiliares palacianos, governo sul-africano convidou chefes de Estado de todo o mundo para missa fúnebre oficial a ser realizada no dia 10 de outubro

Brasília - A presidente Dilma Rousseff decretou sete dias de luto pela morte do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela. O decreto deve ser publicado em uma edição extra do Diário Oficial da União ainda nesta sexta-feira, 06.

Segundo auxiliares palacianos, o governo sul-africano convidou chefes de Estado de todo o mundo para uma missa fúnebre oficial a ser realizada no dia 10 de outubro, próxima terça-feira, no Estádio FNB, em Johannesburgo.

No momento, a presidente está em deslocamento aéreo - Dilma participou no início da tarde de sorteio da Copa do Mundo na Costa do Sauipe, na Bahia. A presidente deve chegar a Brasília às 17h45.

O Palácio do Planalto ainda não comunicou oficialmente a data da ida da presidente à África do Sul.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.