A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Greve reduz ritmo das obras do Beira-Rio

Operários exigem aumento salarial de 15%, maior valor de vale-alimentação, entre outros benefícios

Porto Alegre - Um grupo de operários que trabalham na reforma do Estádio Beira-Rio suspendeu suas atividades na tarde desta quarta-feira para exigir reajuste salarial e ampliação de benefícios. Os participantes do protesto chegaram a bloquear o portão de acesso ao canteiro de obras, mas acabaram liberando a passagem. Quem não aderiu à paralisação trabalhou normalmente.

Os manifestantes, empregados da construtora Andrade Gutierrez, pedem reajuste de 15% para os salários, adicional de 100% para as horas extras e aumento do vale-alimentação de R$ 160 para R$ 250. Também reivindicam liberação para os operários viajarem suas cidades de origem a cada dois meses - atualmente, eles visitam suas famílias, muitas delas no Nordeste, a cada três meses.

A empresa recebeu representantes do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção Pesada do Estado (Siticepot-RS) para negociação. Ao final da reunião, os sindicalistas informaram que não houve acordo e que o movimento pode receber mais adesões nesta quinta-feira. A Andrade Gutierrez não se manifestou sobre o caso até o começo da noite desta quarta.

O Beira-Rio é um dos 12 estádios brasileiros que estão sendo construídos ou reformados para receber jogos da Copa de 2014. Com a evolução das obras de modernização da arena em Porto Alegre, que atingiram 52% de conclusão no balanço de dezembro, o Inter deixará de jogar no local a partir de agora - a inauguração está prevista para o final deste ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também