Coronavírus: confira quais avenidas serão bloqueadas em SP nesta segunda

Interdiões anunciadas pela Prefeitura buscam desestimular as pessoas a saírem de casa e aumentar a taxa de isolamento social contra a covid-19

A Prefeitura de São Paulo decidiu interditar parcialmente algumas avenidas principais da cidade para intensificar o isolamento social contra o coronavírus.

O bloqueio, que passa a valer já nesta segunda-feira (4), será aplicado com o apoio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran).

A interdição vai ocorrer das 7h às 9h, no sentido bairro-centro, nos seguintes locais:

  • Zona Sul: Av. Moreira Guimarães x Av. Miruna;
  • Zona Norte: Av. Santos Dumont x Av. do Estado;
  • Zona Leste: Av. Radial Leste x Rua Pinhalzinho;
  • Zona Oeste: Av. Francisco Morato x Rua Sapetuba

A prefeitura, em duas avenidas, também montou bloqueio para realizar o que chamou de “blitzes educativas”, ambas na zona oeste.

  • Av. Dr. Vital Brasil x Rua Camargo;
  • Avenida João Paulo I, altura do n° 2.868.

Apenas uma faixa ficará livre para a circulação de veículos. Além da interdição parcial, também haverão blitzes educativas em ação conjunta com as secretarias municipais da Saúde (SMS), Mobilidade e Transportes (SMT) e Segurança Urbana (SMSU).

A restrição ao fluxo de veículos tem como objetivo colaborar para a ampliação da taxa de isolamento social no município, que está abaixo de 50%. O ideal para combater a propagação do novo coronavírus, de acordo com as autoridades de saúde, é de 60% a 70%.

A Prefeitura informou que caso a adesão da população ao isolamento não aumente a partir desta segunda, os bloqueios  poderão ser realizados durante todo o dia, como tentativa de aumentar a restrição e desestimular as pessoas a saírem de casa.

São Paulo é o Estado mais afetado pelo coronavírus no Brasil. Já são mais de 31 mil casos e 2.500 mortes pela covid-19. O isolamento social e a quarentena estão em vigência por decreto do governador João Doria até o dia 11 de maio, para quando está previsto um plano de reabertura gradual.

Porém, as autoridades já afirmaram que se a taxa de isolamento continuar caindo e a população não respeitar a quarentena, a reabertura não deve ocorrer no prazo previsto.

Também nesta segunda-feira passou a ser obrigatório o uso de máscara no transporte público.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.