• AALR3 R$ 20,07 -0.50
  • AAPL34 R$ 68,42 1.57
  • ABCB4 R$ 16,66 0.85
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,78 5.88
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,44 0.83
  • ALPA4 R$ 22,17 4.13
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,50 -2.11
  • AMAR3 R$ 2,59 1.97
  • AMBP3 R$ 32,35 4.05
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,38 3.55
  • ANIM3 R$ 5,55 1.46
  • ARZZ3 R$ 81,27 2.28
  • ASAI3 R$ 16,09 2.35
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,41 4.20
  • BBAS3 R$ 37,46 -0.29
  • AALR3 R$ 20,07 -0.50
  • AAPL34 R$ 68,42 1.57
  • ABCB4 R$ 16,66 0.85
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,78 5.88
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,44 0.83
  • ALPA4 R$ 22,17 4.13
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,50 -2.11
  • AMAR3 R$ 2,59 1.97
  • AMBP3 R$ 32,35 4.05
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,38 3.55
  • ANIM3 R$ 5,55 1.46
  • ARZZ3 R$ 81,27 2.28
  • ASAI3 R$ 16,09 2.35
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,41 4.20
  • BBAS3 R$ 37,46 -0.29
Abra sua conta no BTG

Construindo as cidades do futuro

A indústria brasileira contribui para a formação de ambientes sustentáveis, que prezam pela qualidade de vida e pelo uso racional de recursos naturais
 (Estúdio ABC/Lasca Studio)
(Estúdio ABC/Lasca Studio)
Por Abril Branded ContentPublicado em 03/10/2017 16:56 | Última atualização em 04/10/2017 19:10Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O futuro das cidades está na sustentabilidade. Isso significa que espaços de trabalho e moradia terão que evoluir para melhorar a qualidade de vida da população e sua relação com o meio ambiente. Para isso, é fundamental investir em uma vasta gama de fatores, como sistemas inteligentes e  interconectados de gestão, eficiência energética, mobilidade urbana, gestão de resíduos, acessibilidade e serviços essenciais – saneamento básico, educação e saúde.

Combinados, esses elementos também garantem maior produtividade, sem a qual qualquer país vai perder competitividade ao longo do século 21. A indústria brasileira tem muito a oferecer – e a ganhar – com esse investimento em sustentabilidade. “Temos um potencial extraordinário para desenvolver soluções, na medida em que os governos atraiam projetos de inovação para resolver seus desafios”, afirma José Augusto Fernandes, diretor de políticas e estratégia da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Para Mônica Messenberg, diretora de relações institucionais da CNI, as cidades precisam de gestão integrada, com ações de saneamento, energia e mobilidade coordenadas por um sistema de governança articulado, com visão de longo prazo e participação do setor privado. “A tecnologia está disponível, mas necessitamos de regras claras que garantam a segurança do investimento”, afirma.

- (ABC/Estúdio ABC)

- (ABC/Estúdio ABC)