A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Brasília recebe manifestantes para atos de 7 de setembro

Para evitar brigas, os grupos a favor de Bolsonaro se encontrarão na altura da Biblioteca Nacional, enquanto os contrários ao governo se concentrarão na Torre de TV

Mesmo sem o tradicional desfile cívico de 7 de setembro, cancelado devido à pandemia de covid-19, Brasília se prepara para as manifestações que devem ocorrer ao longo desta terça-feira, 7. Estão marcados ao menos 16 atos a favor e contra o governo Jair Bolsonaro na região central da cidade.

A maioria dos protestos tem sido organizada por grupos pró-Bolsonaro -- 13 são a favor do governo. A pauta é variada, mas tem alguns pontos em comum, como a defesa de uma agenda antidemocrática, com pedidos de afastamento de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e de adoção do voto impresso, já descartado pelo Congresso.

Falas recentes de Bolsonaro servirão de base para o tom que será usado nas manifestações, principalmente os ataques feitos ao Judiciário. Recentemente, o presidente pediu o impeachment do ministro Alexandre de Moraes e ameaçou tomar a mesma medida em relação ao ministro Luís Roberto Barroso.

Em Brasília e São Paulo, caravanas vindas de outros locais devem engrossar a manifestação a favor de Bolsonaro. Já chegaram às cidades grupos vindos de estados como Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, com ônibus fretados.

Os panfletos que anunciam as mobilizações trazem nomes como "caravana pela liberdade", "caravana da independência", “caravana por nossa liberdade” e "caravana Supremo é o povo". Em faixas já levadas por manifestantes na segunda-feira, 6, eles pedem, por exemplo, o fechamento do STF e do Congresso Nacional.

Para evitar brigas, os grupos a favor de Bolsonaro se encontrarão na altura da Biblioteca Nacional, enquanto os contrários ao governo se concentrarão na Torre de TV. O trânsito será interditado na Esplanada dos Ministérios, na altura da Catedral, e a Praça dos Três Poderes ficará fechada para o público.

Segurança

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) revistará as pessoas e fará bloqueios nas principais vias da Esplanada e nas proximidades da Torre de TV. Não será permitido levar armas de fogo; armas brancas, como facas ou martelos; objetos cortantes; pedaços de madeira e ferro ou álcool líquido.

O governador do DF, Ibaneis Rocha, afirmou que a segurança nas manifestações será reforçada por cerca de 5 mil policiais. "A previsão inicial é de 5 mil homens, mas nós vamos ter todo o nosso efetivo para poder dar a segurança à população neste dia 7 da melhor forma possível", disse, na última terça-feira, 31.

Segundo Ibaneis, o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo Souza Ferreira, “está reunindo todas as equipes de modo a dar toda a segurança possível àqueles que queiram se manifestar no 7 de setembro, garantindo a segurança da população”. 

A Secretaria de Segurança Pública afirmou que as forças de segurança atuarão de forma integrada. “Assim como em todas as manifestações desse tipo, é feito planejamento prévio, com a participação dos envolvidos, a fim de garantir a segurança dos participantes e da população em geral”, assegura, em nota.

O Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), faz acompanhamento de todo ato ou evento, mesmo sem comunicação prévia. “O monitoramento é feito de maneira integrada entre as forças de segurança e outros 29 órgãos, bem como instituições e agências do governo local e federal, com suporte de câmeras de videomonitoramento”, diz.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também