Brasil

Chuva forte deixa dois mortos e 200 desalojados no Espírito Santo

Até a publicação desta matéria, 191 pessoas estavam desalojadas e 42 desabrigadas

Destruição causada pela chuva em Nova Venécia, Espírito Santo.  (TV Gazeta/Reprodução)

Destruição causada pela chuva em Nova Venécia, Espírito Santo. (TV Gazeta/Reprodução)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 17 de fevereiro de 2022 às 17h12.

Última atualização em 17 de fevereiro de 2022 às 17h33.

Ao menos duas pessoas morreram no Espírito Santo por causa das fortes chuvas que atingem diversas cidades do estado desde quarta-feira, 16, segundo boletim divulgado pela Defesa Civil na manhã desta quinta-feira, 17. Os municípios de Alegre e Guaçuí estão entre as 17 cidades mais atingidas. Até a publicação desta matéria, 200 pessoas estavam desalojadas e 42 estavam desabrigadas. Há registro de uma pessoa ferida.

Fique por dentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Assine a EXAME

Em Alegre, uma pessoa foi soterrada. Após desabamento no local, ela ficou presa entre o muro que cedeu e a parede de sua residência. Não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a outra vítima é da cidade de Nova Venécia, no sul do Estado. Um homem morreu depois de ser levado pela enxurrada ao tentar retirar o carro de área alagada. Nesta semana, na região serrana do Rio, Petrópolis teve mais de 100 mortes por causa de deslizamentos e enxurradas causadas pelo temporal, o maior em 90 anos.

Em menos de 1 hora, diversos estabelecimentos, casas e ruas ficaram alagados nas cidades capixabas. Há pelo menos 23 alertas vigentes no estado. Até o momento, oito cidades apresentam alto risco de deslizamento (Linhares, Colatina, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Rio Bananal, São Mateus, Guaçuí e Alegre), segundo boletim da Defesa Civil.

Segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), chuvas intensas devem persistir na parte da região sul (Caparaó) região serrana, central e noroeste do Espírito Santo. Há risco potencial de pancadas de chuva também para o litoral capixaba e parte da região norte e Grande Vitória.

Acompanhe tudo sobre:ChuvasEspírito Santo

Mais de Brasil

PM impõe 100 anos de sigilo a processos disciplinares de Mello, candidato a vice de Nunes em SP

Quem é Eduardo Cavaliere, o mais cotado para vice de Paes após recuo de Pedro Paulo

Lula cobra pedido de desculpas de Milei e diz que relação entre países depende da postura argentina

Bolsonaro confirma presença em convenção do MDB que oficializa chapa de Nunes e Mello em SP

Mais na Exame