Live icon 

ELEIÇÕES 2022:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

Carnaval de Salvador está suspenso em 2021, anuncia ACM Neto

Suspensão engloba também as tradicionais festas do largo; definição de uma nova data dependerá de disponibilidade das vacinas
 (Facebook/Prefeitura de Salvador/Reprodução)
(Facebook/Prefeitura de Salvador/Reprodução)
G
Gabriel JustoPublicado em 27/11/2020 às 15:55.

Na manhã desta sexta-feira (27), o prefeito ACM Neto (DEM), confirmou oficialmente a suspensão do Carnaval de Salvador em 2021. Na coletiva de imprensa, que contou com a presença do vice-prefeito e prefeito eleito Bruno Reis (DEM), ACM afirmou que não é possível estimar um data alternativa para o evento sem que haja uma vacina disponível.

Está cancelado o evento em fevereiro e, por ora, só podemos informar o cancelamento. Não há como especular o carnaval em outra época do ano. A possibilidade do carnaval acontecer em outro momento de 2021 está condicionada a existência de uma vacina acessível a todos. Caso exista vacina, os prefeitos das maiores cidades do Brasil se unam para um eventual calendário. Agora, nem eu, nem Bruno [prefeito eleito de Salvador], nem ninguém pode estabelecer uma data, porque essa data dependerá da vacina.

ACM Neto, prefeito de Salvador

A suspensão do carnaval engloba, segundo o ACM, todas as festas populares na capital bahiana, incluindo as festas do largo, que tradicionalmente vão de dezembro a março.

"Vai ter lavagem do Bonfim? Pode ter algo simbólico. Mas caminhada, saída da Conceição da Praia até a Colina Sagrada, não vai ter", disse o prefeito, que já havia alertado que, sem uma vacina, seria difícil manter as comemorações.

"Comunicar uma decisão como essa não é fácil, porque sabemos a importância do carnaval para a nossa cidade, o quanto circula de dinheiro na nossa cidade no carnaval, durante o verão", lamentou o Reis, que assume a prefeitura em janeiro. "Só teremos condições de fazer o carnaval, com condições sanitárias para isso."