A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Campos diz que PEC do voto aberto corrige "distorções"

A proposta foi aprovada após a repercussão negativa da preservação do mandato do deputado Natan Donadon (sem partido/RO)

Brasília - O governador de Pernambuco e possível candidato do PSB à Presidência da República em 2014, Eduardo Campos, saiu nesta quarta-feira, 4, em defesa da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 349, aprovada em segundo turno pela Câmara dos Deputados na noite de terça, 3, que acaba com o voto secreto no Legislativo brasileiro.

Para Campos, a chamada PEC do Voto Aberto dá mais transparência ao Parlamento diante de um momento de "grave crise de expectativa" sobre o futuro e necessidade de recuperação do diálogo.

"Não há outro caminho para corrigir distorções promovidas pelo anonimato", afirmou, em nota divulgada por sua assessoria.

A proposta foi aprovada após a repercussão negativa da preservação do mandato do deputado Natan Donadon (sem partido/RO).

A PEC aprovada acaba com a votação secreta no âmbito do Poder Legislativo, ou seja, o Congresso Nacional, as Assembleias Legislativas, as Câmaras Municipais e a Distrital são obrigados a abrir o voto em todas as circunstâncias.

O texto diz que os parlamentares passam a votar de forma aberta em situações como: processo de escolha de chefes de missão diplomática de caráter permanente, na exoneração (de ofício) do Procurador-Geral da República, em sessões sobre perda de mandato parlamentar e nas votações dos vetos presidenciais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também