Acompanhe:

Donos de caminhões com mais de 20 anos podem entregá-lo em concessionárias e, em troca, receber um desconto para comprar um veículo zero km. Em algumas lojas, o caminhoneiro pode receber o valor do desconto em dinheiro.

O programa foi criado em junho, pelo governo Lula, por meio de medida provisória. No entanto, anda tendo baixa procura. Para acelerar sua implantação, algumas empresas, como o Grupo Vamos, a Volkswagen Caminhões e Ônibus e a Gerdau fizeram uma parceria para receber e reciclar os caminhões antigos. Veja a seguir mais detalhes sobre a iniciativa:

Quais caminhões podem participar?

Para obter o desconto, o veículo precisa atender aos seguintes requisitos:

  • Ter sido emplacado há 20 anos ou mais (até 2003)
  • Ter sido licenciado em 2022 e estar em situação regular
  • Estar em condições de rodagem

Qual o valor do desconto ou benefício?

Cada veículo pode render de R$ 33,6 mil a R$ 80 mil em desconto ou crédito. O valor varia de acordo com o porte e as características do caminhão antigo. 

Como funciona o processo?

O caminhoneiro precisa levar seu veículo em uma concessionária, que pode dar o valor do desconto na compra de um modelo novo. As lojas do Grupo Vamos, como a rede Transrio, faz o pagamento do valor do desconto em dinheiro. 

Em seguida, a concessionária encaminha o veículo para reciclagem. Após a desmontagem ser certificada e o caminhão receber baixa no Detran, gera-se um certificado, que dá direito a créditos fiscais. A loja repassa esse crédito às montadoras e pode comprar um outro veículo zero com desconto. 

Até quando o programa estará em vigor?

Até acabar o valor de crédito disponibilizado pelo programa: R$ 700 milhões para caminhões e R$ 300 milhões para ônibus. A procura tem sido baixa: até 7 de agosto, o programa havia liberado apenas R$ 100 milhões para caminhões e R$ 170 milhões para ônibus, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Comércio e Indústria.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Amaggi recebe primeira autorização para teste de biodiesel em embarcação fluvial
ESG

Amaggi recebe primeira autorização para teste de biodiesel em embarcação fluvial

Há 5 horas

Pacheco pode pautar marco do mercado de carbono neste mês, diz Padilha
ESG

Pacheco pode pautar marco do mercado de carbono neste mês, diz Padilha

Há 7 horas

Lula afirma que o Brasil voltará a vender 3,8 milhões de carros por ano
Economia

Lula afirma que o Brasil voltará a vender 3,8 milhões de carros por ano

Há 7 horas

Lula receberá pedido do presidente da Colômbia para vender derivados da maconha ao Brasil
Brasil

Lula receberá pedido do presidente da Colômbia para vender derivados da maconha ao Brasil

Há 8 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais