Câmara aprova PEC que assegura mais poder ao TST

A proposta, que impede recursos das decisões do TST ao STF, inclui a instituição explicitamente entre os órgãos do Poder Judiciário

Brasília - Foi aprovada em segundo turno, nesta terça-feira, 22, pela Câmara, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 11/2015) que garante mais poder ao Tribunal Superior do Trabalho (TST).

A proposta, que impede recursos das decisões do TST ao Supremo Tribunal Federal (STF), inclui a instituição explicitamente entre os órgãos do Poder Judiciário.

Na decisão de hoje, foram 384 votos favoráveis, 26 contrários e 7 abstenções.

Entre as determinações, a PEC estabelece que cabe ao TST processar e julgar recurso de revista para preservar sua competência e garantir a autoridade de suas decisões. Como justificativa da PEC, está a defesa da igualdade constitucional do TST com o STJ.

Como o texto não teve mudanças em relação ao enviado pelo Senado Federal, a matéria será promulgada em breve. A data ainda não foi definida.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.