Butantan vai enviar à Anvisa dados para vacinar crianças de 3 a 5 anos

Nesta quarta-feira, 16, o estado de São Paulo ultrapassou a marca de 60% de crianças entre 5 e 11 anos vacinadas com pelo menos a primeira dose
Vacina é a mesma usada em adultos e crianças (Agência Brasil/Breno Esaki/Agência Saúde DF)
Vacina é a mesma usada em adultos e crianças (Agência Brasil/Breno Esaki/Agência Saúde DF)
Por Gilson Garrett JrPublicado em 16/02/2022 13:48 | Última atualização em 16/02/2022 13:58Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O Instituto Butantan vai enviar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nos próximos 15 dias mais dados sobre a vacinação de crianças entre 3 e 5 anos com a Coronavac. Segundo o presidente da entidade, Dimas Covas, as informações foram pedidas pela Anvisa para ampliar a aprovação do imunizante no Brasil.

  • Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso.

Há quase um mês, a Anvisa liberou a aplicação da vacina contra a covid-19 Coronavac para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos, com exceção dos imunocomprometidos. O pedido, feito do Butantan, abrangia crianças a partir de 3 anos, mas, segundo o órgão, faltam dados para uma autorização maior.

A aplicação começou assim que o laboratório paulista recebeu o aval da Anvisa. Nesta quarta-feira, 16, o estado de São Paulo ultrapassou a marca de 60% de crianças entre 5 e 11 anos vacinadas com pelo menos a primeira dose.

Na próxima semana, de 19 a 25 de fevereiro, o estado vai fazer um mutirão, com aplicação em escolas públicas e privadas, para ampliar esta porcentagem.

“A escola é um ambiente extremamente acolhedor. É a semana que vamos usar para fazer a imunização nas escolas para que mais crianças sejam vacinadas. Nós temos um público que ainda não retornou para a segunda dose, com 1 milhão de jovens, e precisamos avançar. Não haverá a necessidade do responsável acompanhar porque eles podem assinar um termos de concordância”, explicou Regiane de Paula, coordenadora do Programa Estadual de Imunizações de São Paulo.

O Butantan vai enviar a partir da quinta-feira, 17, um carregamento com 10 milhões de doses de vacina destinadas à vacinação de crianças entre 6 e 11 anos. “O contrato foi assinado entre a noite de ontem e a manhã de hoje e a liberação será imediata”, disse Dimas Covas.