A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Brasília abre licitação para trem de alta velocidade

Em um primeiro momento, o trem ligará o centro da capital do Brasil ao aeroporto da região

Brasília - O Governo de Brasília anunciou nesta sexta-feira que vai levar adiante o projeto de um trem de alta velocidade, que ligará o centro da capital do Brasil, em um primeiro momento, ao aeroporto da região, com um custo calculado em cerca de US$ 200 milhões, e convocou empresas nacionais e estrangeiras a participarem de uma licitação.

Segundo as autoridades, as empresas interessadas deverão apresentar suas propostas até o dia 19 de abril.

A licitação incluirá a execução de obras civis e a provisão de veículos, enquanto posteriormente sairá o concurso para a operação do sistema.

Em uma primeira fase, o trem de alta velocidade unirá o aeroporto com o centro da cidade, um trecho que deve começar a operar em 2015.

A obra fazia parte dos planos para melhorar o transporte na capital brasileira visando a Copa do Mundo de 2014, já que Brasília será uma das 12 subsedes, mas foi suspensa em setembro de 2012 por conta de suspeitas de irregularidades no projeto inicial.

O primeiro projeto contava com apoio do Banco Mundial (BM) e da Agência Francesa de Desenvolvimento, que em 2009 se comprometeu a financiar parte das obras.

Esse acordo com a França foi anunciado em 7 de setembro de 2009, no marco de uma visita ao país do então presidente francês, Nicolas Sarkozy, que no mesmo dia visitou uma exposição na qual era exibido um modelo de trem de alta velocidade oferecido por uma empresa francesa.

O projeto, no entanto, caiu em desgraça com uma série de denúncias de corrupção que afetaram o governador de Brasília na época, José Roberto Arruda, que acabou sendo cassado por sua suposta responsabilidade em um escândalo de subornos. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também