Brasil critica teste nuclear da Coreia do Norte

O Conselho de Segurança da ONU convocou uma reunião de emergência em Nova York, Estados Unidos

O governo brasileiro se declarou preocupado com o teste nuclear realizado nesta terça-feia pela Coreia do Norte e pediu ao país que cumpra com as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

"O governo brasileiro soube com preocupação do novo teste nuclear conduzido pela República Popular Democrática da Coreia", afirma o comunicado divulgado pelo Itamaraty.

Brasil pediu ainda que a Coreia do Norte cumpra "plenamente com as resoluções do Conselho de Segurança e contribua ativamente para criar as condições necessárias para que sejam retomadas as negociações de paz e segurança na Península da Coreia".

A Coreia do Norte executou nesta terça-feira seu terceiro e mais potente teste nuclear, utilizando um artefato "miniaturizado", em um gesto que provocou reações imediatas de condenação de grande parte da

O Conselho de Segurança da ONU convocou uma reunião de emergência para as 14H00 GMT (12H00 de Brasília) em Nova York. Em Viena, a Organização do Tratado de Proibição Completa de Testes Nucleares afirmou que a explosão constituiu uma "clara ameaça à paz e à segurança".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.