Brasil concorre a assento não-permanente do Conselho de Segurança da ONU

Se país for eleito, será possível antecipar em 11 anos o seu retorno ao órgão

O Brasil anunciou a sua candidatura para assento não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) no biênio 2022-2023, na vaga destinada aos países da América Latina e do Caribe. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 28, pelo Ministério das Relações Exteriores. "A candidatura reflete o compromisso do País com o sistema político multilateral e o envolvimento construtivo nos processos decisórios sobre paz e segurança, movido pelo ideal de um mundo pacífico, justo e próspero para todos, em linha com os princípios constitucionais que regem a política externa brasileira", disse o ministro Aloysio Nunes Ferreira em declaração sobre a candidatura brasileira.

Segundo o ministro, a decisão brasileira é resultado do acordo alcançado com o governo de Honduras, por meio do qual o Brasil antecipou seu pleito do biênio 2033-2034 para 2022-2023. A última participação do Brasil no CSNU foi em 2010-2011. Com o acordo, se o Brasil for eleito, será possível antecipar em 11 anos o seu retorno ao órgão. Ainda de acordo com a declaração do ministro, o "Brasil é o país em desenvolvimento que mais vezes integrou o Conselho, tendo sido eleito para dez mandatos desde 1946".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.