• AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
  • AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
Abra sua conta no BTG

Bolsonaro passa por consulta; hospital diz que não haverá boletim médico

Na sexta-feira passada, o presidente eleito teve um mal-estar e cancelou uma viagem a São Paulo por recomendação médica para repousar
Bolsonaro: presidente eleito foi esfaqueado durante ato de campanha em setembro e passou por duas cirurgias (Agência Brasil/Marcelo Camargo)
Bolsonaro: presidente eleito foi esfaqueado durante ato de campanha em setembro e passou por duas cirurgias (Agência Brasil/Marcelo Camargo)
Por ReutersPublicado em 13/12/2018 12:27 | Última atualização em 13/12/2018 12:27Tempo de Leitura: 1 min de leitura

São Paulo - O presidente eleito Jair Bolsonaro passou por uma consulta de rotina no hospital Albert Einstein nesta quinta-feira, e não será divulgado boletim médico, informou a assessoria de imprensa do hospital.

Bolsonaro foi esfaqueado durante ato de campanha em setembro e passou por duas cirurgias. Desde então ele usa uma bolsa de colostomia, que será retirada em nova cirurgia prevista para janeiro.

Inicialmente havia a possibilidade de a cirurgia ser realizada em dezembro, mas exames realizados no mês passado mostraram "inflamação do peritônio e processo de inflamação entre as alças intestinais", fazendo com que a equipe médica decidisse adiar o procedimento.

Havia expectativa de que Bolsonaro passasse por novos exames nesta quinta-feira.

Na sexta-feira passada, o presidente eleito teve um mal-estar e cancelou uma viagem a São Paulo por recomendação médica para repousar. No dia seguinte, ele disse que o mal-estar foi ocasionado por ter confundido alguns medicamentos e tomado uma dose "além do normal".