Bolsonaro joga Marinho em bolsa de apostas para vice, mas mantém Tereza e Netto

"Vice pode ser Tereza Cristina, Braga Netto, até o Rogério Marinho", afirmou Bolsonaro
 (Alan Santos/PR/Flickr)
(Alan Santos/PR/Flickr)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 17/06/2022 14:12 | Última atualização em 17/06/2022 14:12Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O presidente da República, Jair Bolsonaro, surpreendeu nesta sexta-feira, 17, e afirmou que o ex-ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho (PL), pré-candidato ao Senado pelo Rio Grande do Norte, também poderia assumir a vice na sua chapa à reeleição. No entanto, em seguida, declarou que tem "dois excelentes nomes à mesa, Tereza Cristina e Braga Netto", confirmando o favoritismo de seus ex-ministros da Agricultura e da Defesa, respectivamente, para a vaga.

"Vice pode ser Tereza Cristina, Braga Netto, até o Rogério Marinho", afirmou Bolsonaro, em entrevista a uma rádio de Natal, Rio Grande do Norte, reduto político de Marinho.

Como mostrou o Broadcast Político (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) em fevereiro, o Centrão pressiona por Tereza Cristina na vice como forma de ampliar a adesão de Bolsonaro junto ao eleitorado feminino.

A articulação ganhou força na última semana com a dificuldade do presidente em crescer nas pesquisas de intenção de voto.

VEJA TAMBÉM:

Mourão, Manuela, Ana Amélia e Lasier: disputa pelo Senado no RS está embaralhada