Brasil

Bolsonaro exonera Ciro Nogueira da Casa Civil a dois dias da posse de Lula

Exoneração do ministro do Desenvolvimento Regional também consta no Diário Oficial da União; as duas foram feitas "a pedido" dos titulares

Cerimônia de posse de Ciro Nogueira, em 2021: Bolsonaro exonera Nogueira do cargo na Casa Civil (Isac Nóbrega/PR/Flickr)

Cerimônia de posse de Ciro Nogueira, em 2021: Bolsonaro exonera Nogueira do cargo na Casa Civil (Isac Nóbrega/PR/Flickr)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 30 de dezembro de 2022 às 07h57.

O presidente Jair Bolsonaro exonerou o ministro Ciro Nogueira, chefe da Casa Civil. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira. Além dele, o presidente também exonerou o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel de Oliveira Duarte Ferreira.es

Na publicação, a saída dos dois ministros foi realizada "a pedido". No último dia 21, o presidente já tinha exonerado o ministro das Comunicações, Fábio Faria. Na última posse presidencial, quando Bolsonaro assumiu a Presidência, os ministros de Michel Temer foram exonerados no dia 1 de janeiro.

A expectativa é que Bolsonaro deixe o país entre hoje e amanhã, já que sua participação não é esperada na posse. Seria a primeira vez que um presidente não transfere a faixa presidencial desde João Figueiredo. O presidente deve viajar para os Estados Unidos.

Na última quarta-feira, um avião da Força Aérea Brasileira que geralmente é escalado para levar a equipe de segurança do presidente deixou o país rumo à Flórida.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Acompanhe tudo sobre:Ciro NogueiraJair BolsonaroMinistério da Casa Civil

Mais de Brasil

Ramagem diz que Bolsonaro autorizou gravação de reunião no Planalto sobre investigação de Flávio

Lira diz que investigação contra Ramagem é 'grave', mas indica não ver punição pelo Conselho

Veja transcrição e áudio da reunião entre Bolsonaro e Ramagem sobre investigação de Flávio

Brasil chama embaixador em Buenos Aires para discutir relação com governo Milei

Mais na Exame