Apuração no RJ: veja em tempo real quem está ganhando a eleição ao Senado no Rio

Eleições 2022: Rio de Janeiro elege um senador neste domingo, 2, para compor a bancada do estado
Daciolo, Romário, Molon: o mais votado leva a cadeira ao Senado pelo Rio de Janeiro (Facebook/Flickr/Divulgação)
Daciolo, Romário, Molon: o mais votado leva a cadeira ao Senado pelo Rio de Janeiro (Facebook/Flickr/Divulgação)
D
Da Redação

Publicado em 02/10/2022 às 00:19.

Última atualização em 02/10/2022 às 20:57.

Os eleitores do estado do Rio de Janeiro vão às urnas neste domingo, 2 de outubro, para eleger o próximo senador.

Cláudio Castro é eleito no primeiro turno das eleições 2022 no Rio de Janeiro

Na disputa à terceira cadeira do senado pelo estado, os candidatos Romário (PL) e Alessandro Molon (PSB) estavam à frente nas pesquisas eleitorais como favoritos. Para a disputa ao senado, não há segundo turno, e o mais votado leva automaticamente a vaga.

Veja a apuração voto a voto no Rio na página do Tribunal Superior Eleitoral – TSE.

Nas eleições deste domingo, as urnas abrem às 8 horas no domingo e fecham às 17 horas (horário de Brasília), quando os votos começam a ser apurados. No Acre, a votação é das das 6h às 15h; Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Roraima, das 7h às 16h; Fernando de Noronha (PE), das 9h às 18h, e Amazonas, das 7h às 16h, com exceção dos municípios Amaturá, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Eirunepé, Envira, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Jutaí, Tabatinga e São Paulo de Olivença, nos quais a votação é das 6h às 15h.

Quem está ganhando para o senado no Rio?

A previsão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é que, uma vez que neste ano os horários de votação serão unificados em todo o Brasil pelo horário de Brasília, os primeiros resultados da apuração já comecem a sair logo após às 17h, quando a votação é encerrada.

Fique por dentro de tudo sobre as Eleições 2022 e os resultados das pesquisas eleitorais. Clique aqui e receba gratuitamente a newsletter EXAME Desperta.

O candidato vencedor ocupará uma das três cadeiras do senado pelo Rio pelos próximos oito anos — duração do mandato nesse cargo.

Atualmente, os senadores do estado são Carlos Portinho (PL) e Eduardo Bolsonaro (PL). Romário é atualmente o terceiro senador (cada estado tem direito a três cadeiras), e concorre à reeleição. 

Veja a apuração voto a voto no Rio na página do Tribunal Superior Eleitoral – TSE

Quem são os candidatos no RJ?

Ao todo, onze nomes se colocaram na disputa ao senado no Rio em 2022, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os candidatos ao senado pelo RJ, em ordem alfabética, são:

  • Alessandro Molon (PSB)
  • André Ceciliano (PT)
  • Antonio Hermano (PCO)
  • Bárbara Sinedino (PSTU)
  • Cabo Daciolo (PDT)
  • Clarissa Garotinho (União Brasil)
  • Daniel Silveira (PTB)
  • Hiran Roedel (PCB)
  • Marcelo Itagiba (Avante)
  • Professor Helvio Costa (DC)
  • Raul Bittencourt (UP)
  • Romário (PL)
  • Sued Haidar (PMB)

Além do senador dos estados, as eleições no Brasil neste domingo, 2, contam também com votação para presidente, governadores (um por estado), deputados federais e estaduais.

Com quantos votos se elege um senador?

Para que um senador seja eleito, é necessário que ele tenha o maior número de votos no estado em que concorre.

O senado é composto por 81 cadeiras e, a cada eleição, os brasileiros devem voltar em um ou dois novos senadores. Isso porque, diferente do Presidente, os mandatos dos senadores duram oito anos (e não quatro). Portanto, a cada eleição, um ou dois terços das cadeiras são renovadas.

Em 2022, apenas um terço dos senadores serão renovados, o que equivale a apenas um novo senador por estado — incluindo o Distrito Federal.

Leia tudo sobre como votar
Leia tudo sobre as eleições 2022
Leia tudo sobre economia nas eleições