Paulo Guedes participa de audiência sobre Previdência na CCJ

A expectativa é que a sessão seja longa, uma vez que o ministro vai detalhar sua proposta e depois abrir para perguntas dos deputados

São Paulo — O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa agora de uma audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados para discutir a reforma da Previdência junto aos parlamentares.

A expectativa é que a sessão seja longa, uma vez que o ministro vai detalhar por ao menos vinte minutos sua proposta e depois abrirá para as perguntas dos deputados — que terão cinco minutos, em média, cada parlamentar.

Assista a participação de Paulo Guedes na CCJ:

A reunião estava marcada para o último dia 26, mas foi abortada de última hora pela equipe econômica do governo, que reclamava a ausência de um relator. 

Para reverter o cenário, aliados escolheram o delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) como relator da comissão. O deputado afirmou que deve entregar seu parecer sobre a proposta da Previdência até o dia nove deste mês.

Senado

Na semana passada, o ministro participou de uma audiência na Comissão de Assuntos Econômicos no Senado para compartilhar seus planos para a economia do Brasil.

Em relação à reforma da Previdência, Guedes disse que o sistema previdenciário brasileiro está no limite e chegou a uma situação insustentável, com um déficit que pode crescer R$ 40 bilhões ao ano.

De acordo com o ministro, a “bola” da reforma da Previdência agora “está com o Congresso”. Nesta terça-feira (26), Guedes desistiu do convite para participar de uma audiência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

“O primeiro grande desequilíbrio é no sistema previdenciário, daí a reforma. Há uma bomba-relógio demográfica no Brasil e precisamos uma reforma com potência fiscal, de pelo menos R$ 1 trilhão”, repetiu.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.