Brasil

Afegãos com covid-19 são encaminhados para abrigo em São Paulo

Os refugiados estavam acampados no Aeroporto Internacional de Guarulhos, onde aguardavam vagas em abrigos em São Paulo

A

Agência Brasil

7 de dezembro de 2022, 13h44

Acesse o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Com uma conta gratuita.

Faça parte

Continua após a publicidade

Veja também

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que os dois refugiados afegãos, que estavam em isolamento em uma unidade de saúde de Guarulhos diagnosticados com covid-19, foram transferidos para um abrigo do município e seguem acompanhados pelo Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE). Até o momento, nenhum outro caso foi identificado, informou a secretaria.

Os dois imigrantes afegãos, uma senhora de 64 anos de idade e um homem de 21 anos de idade, foram diagnosticados com covid-19 no domingo (4) na Unidade de Pronto Atendimento a Saúde (UPA) Cumbica, em Guarulhos. Ambos estavam assintomáticos e passaram por uma triagem por conta de outros problemas de saúde.

Os refugiados estavam acampados no Aeroporto Internacional de Guarulhos, onde aguardavam vagas em abrigos em São Paulo. Os dois afegãos ficaram em isolamento na UPA Cumbica, enquanto aguardavam vaga em abrigos.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo toda manhã no seu e-mail. Cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

O Afeganistão está enfrentando resistências de grupos desde o ano passado quando o Talibã retomou o controle do país. O governo brasileiro, desde setembro de 2021, concede visto para fins de acolhida humanitária para pessoas afetadas pela situação no Afeganistão.

A maioria dos voos internacionais chega ao Brasil por meio do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Os afegãos que chegam ao Brasil e não têm recursos são encaminhados para centros de acolhimento. No entanto, as vagas nesses espaços são insuficientes e os afegãos passaram a se aglomerar no aeroporto desde agosto.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Brasil tem 27.086 casos de covid-19 e 105 mortes em 24 horas

Brasil se aproxima de bater recorde anual de mortes por dengue

Continua após a publicidade

Últimas notícias

ver mais

Continua após a publicidade

Brands

ver mais

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais