A Mãe de todas as senhas

À medida em que trazemos para o domínio digital mais processos, o problema do crescente número de senhas requer uma solução segura, simples e eficiente

A pandemia acelerou a transformação digital e o que deveria ocorrer em anos virou o novo normal em meses. A vida cotidiana depende cada vez mais dos nossos smartphones, inúmeros aplicativos e respectivas senhas, muitas senhas. O problema é endêmico e crescente.

Lei de Cavalcanti: O número de senhas que o sujeito precisa lembrar cresce em velocidade inversa à capacidade do indivíduo para lembrar delas.

A idade vai chegando, a memória vai diminuindo e o número de senhas não para de crescer. O que fazer? Tem gente que cria uma solução jurássica: um velho caderno de notas, no qual sites, senhas e PINS ficam listados. Solução imune a hackers, mas perigosa se o sujeito perder o caderninho.

Outra solução é um aplicativo que gerencia senhas. Essa solução é tecnológica, mas também requer uma senha... mais uma.

A solução é você, caro leitor, criar um algoritmo para gerir suas senhas. A princípio pode parecer difícil, complexa, a criação de um algoritmo, mas não é.

 Vejamos a definição de algoritmo: “conjunto das regras e procedimentos lógicos perfeitamente definidos que levam à solução de um problema em um número finito de etapas”.

Significa que ao criarmos um conjunto de regras definidas e fáceis de lembrar teremos um algoritmo. Vamos tentar?

Regras:

  1. Você escolhe uma frase. Por exemplo: "joaonasceuem10defevereiro".
  2. A frase (1) será inserida entre a primeira e a última letra do nome do site (ou aplicativo).
  3. As letras acima referidas serão maiúsculas.

          Como ficaria a senha de acesso ao site Facebook.com?

          Vamos começar da regra 3 para a regra 1:

  • Letras maiúsculas do nome do site Facebook.com: F (primeira) e K (última).
  • Frase inserida entre as duas letras: “Fjoaonasceuem10defevereiroK”.

          Uma vez que memorize o algoritmo, não precisará mais gravar suas senhas.

          Para terminar mais uns exemplos:

  • Senha de acesso ao site Exame.com: “Ejoaonasceuem10de fevereiroE”.
  • Senha de acesso ao Linkedin.com: “Ljoaonasceuem10de fevereiroN”.
  • Senha de acesso ao Gmail.com: “Gjoaonasceuem10de fevereiroL”.

          Espero que lhe seja útil.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.