Propósito, Sustentabilidade e Lucro. Dá para combinar os três?

Entender e praticar o seu propósito pode não dar a uma empresa todos os clientes do mercado, mas com certeza trará os melhores clientes que ela poderá ter.

Publiquei um tempo atrás, um pocket book com 49 frases e pensamentos sobre negócios e marketing, resultado de um registro ao longo da minha vida profissional (hoje já possuo em torno de 100 e talvez isso vire um novo livro em algum momento). Mas uma em especial, a de número 37, mostra um pouco do pensamento que trago sobre a necessidade de a empresa ter uma consciência sobre qual o seu propósito, mas aquele propósito que vai além do lucro:

“A Empresa não é o seu produto. A Empresa é o seu cliente.
O produto
é apenas o pretexto que a empresa utiliza para
se aproximar
e se relacionar com seus clientes. ”

Infelizmente muitas empresas agem, mesmo sem perceber com clareza, como se o seu cliente fosse um problema e não uma solução. São tão focadas em si mesmas, em seus produtos ou seus processos, que o cliente acaba sendo um incômodo, principalmente quando “se atreve” a agir de forma diferente do que a empresa quer. Teste isso e ligue no SAC da sua empresa ou mande um e-mail, passando-se por um cliente.

Claro que o produto é importante, mas é o cliente quem deve estar no centro da sua estratégia e não o seu produto/serviço. Afinal, a sua empresa pode até ter bons produtos, mas só vai continuar existindo se tiver clientes. Sem clientes ela fecha, simples assim. Aliás, a quarentena nesta pandemia tem mostrado isso para muitas empresas.

Mas como colocar o cliente no centro da estratégia da empresa? É aí que entra a consciência do propósito. É este propósito que vai direcionar toda a estratégia de negócios, desde o desenvolvimento dos produtos/serviços até sua distribuição e comunicação.  É o que também vai conectar a sua empresa aos seus clientes de tal maneira que, às vezes, a fará mudar totalmente até mesmo os seus produtos/serviços, pois identificará que eles não ajudam mais a empresa entregar o que os seus clientes esperam e precisam hoje ou precisarão no futuro. Imagine por exemplo se a Apple insistisse em continuar fazendo apenas computadores, como será que ela estaria hoje?

Talvez este propósito não dê à sua empresa todos os clientes do mercado, mas com certeza irá trazer os melhores clientes que ela pode ter. Manter-se fiel a este propósito será o primeiro passo para conseguir fidelizar e rentabilizar estes clientes, e não será um caminho fácil, afinal, relacionamento dá trabalho e leva tempo para ser construído.

E com este cenário construído, a busca alucinada por vender mais e mais rápido será naturalmente trocada para primeiro VENDER MELHOR (propósito claro), conseguindo assim VENDER POR MAIS TEMPO (sustentável) e a combinação destes dois fará com que sua empresa consiga ao longo do tempo VENDER MAIS (lucro).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também