Vórtx negocia aporte de fundos estrangeiros

Valuation é de 100 milhões de reais para empresa criada há dois anos

Criada há dois anos, a empresa de serviços fiduciários Vórtx está negociando a venda de participação acionária com dois fundos estrangeiros, que avaliaram a companhia em 100 milhões de reais. A empresa assumiu a liderança do segmento, participando de 70% das operações de certificados de recebíveis imobiliários (CRIs) e quase 60% das operações de certificado de recebíveis do agronegócio (CRA) no ano passado.

Fundada pelos advogados paulistas Alexandre Assolini e Juliano Cornacchia, a empresa representa os investidores na relação com emissões de valores mobiliários, analisando escritura de títulos, checando garantias e fazendo acompanhamento diário do cálculo da curva de rentabilidade do papel, por exemplo — embora seja contratado pelos gestores e emissores de títulos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.