Um caixa ainda mais automático ganha terreno nos bancos brasileiros

Bancos como Bradesco, Santander e Itaú adotam o caixa eletrônico que aceita depósitos em cédulas inseridas diretamente na máquina, sem envelope

Uma das maiores novidades dos últimos anos no atendimento ao cliente bancário, o caixa eletrônico que aceita depósitos em cédulas inseridas diretamente na máquina, sem envelope, está ganhando terreno.

O Bradesco, pioneiro na tecnologia, já espalhou 3.000 terminais desse tipo por suas agências e planeja aumentar o número para 7.000 até 2022. O Santander tem 750 caixas  e quer superar 2.000 em agosto deste ano para eliminar a utilização de 3.500 envelopes de depósito por mês por agência. O Itaú acabou de inaugurar suas duas primeiras agências com o equipamento.

O dinheiro depositado nesses caixas cai imediatamente na conta do destinatário e fica disponível para saque na mesma máquina, reduzindo despesas com o transporte de notas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.