Netshoes negocia a compra da rival Dafiti

A Netshoes, uma das empresas líderes do comércio eletrônico brasileiro, pode comprar a Dafiti

Três meses depois da abertura do capital na Bolsa de Valores de Nova York, a varejista online Netshoes negocia seu movimento mais ousado.

Marcio Kumruian, fundador da Netshoes, abriu negociações para a compra da arquirrival Dafiti, controlada pelo fundo alemão Rocket.

Uma eventual fusão criaria um gigante do comércio eletrônico, com faturamento de cerca de 4 bilhões de reais. Competidoras ferrenhas, Netshoes e Dafiti perdem dinheiro desde sempre.

A Netshoes diz que “não comenta rumores do mercado”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.