Neon enxerga oportunidade de expansão nos microempreendedores

A Neon comprou em setembro a MEI Fácil, plataforma que oferece serviços para pessoas jurídicas e será a base para atacar as pequenas empresas

A fintech Neon Pagamentos encontrou nos microempreendedores individuais (MEIs) uma oportunidade para acelerar ainda mais a expansão. No último mês, o aplicativo da companhia foi baixado por 1,2 milhão de pessoas, um recorde.

Cerca de 40% dos 2 milhões de clientes ativos já são pessoas jurídicas, um percentual que tende a crescer, segundo o presidente da Neon, Pedro Conrad.

A Neon comprou em setembro a MEI Fácil, plataforma que oferece serviços para pessoas jurídicas e será a base para atacar as pequenas empresas. Depois de expandir nove vezes a receita em 2019, a Neon pretende triplicar em 2020, com o lançamento de novos serviços, como maquininhas de pagamento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.