McDonald's terá fast-food movido a sol

A rede de lanchonetes McDonald’s contratou a geradora AES Tietê para abastecer 39 lanchonetes no Brasil com energia solar

Como parte dos esforços para diminuir em 36% sua pegada global de carbono até 2030, a rede McDonald’s contratou a geradora AES Tietê para abastecer 39 lanchonetes no Brasil com energia solar.

O investimento da geradora em três fazendas solares de 5,3 megawatts, que serão entregues em dezembro, vai ficar em 30 milhões de reais. “Será uma das maiores usinas para servir um único cliente”, diz Ítalo Freitas, presidente da AES Tietê. Com o projeto, o McDonald’s deixará de emitir gás carbônico equivalente ao consumo de 7.000 residências por ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.