Malwee vai fabricar jeans com 99% menos água

O uso de ozônio e laser vai permitir que o gasto de água na produção de uma calça jeans da Malwee caia dos 100 litros atuais para 200 mililitros

O grupo têxtil catarinense Malwee definiu um plano de investir 100 milhões de reais até 2021 com foco em projetos sustentáveis. A principal meta é reduzir o consumo de água utilizada na fabricação anual de 35 milhões de peças de roupa.

O uso de ozônio e laser vai permitir que o gasto de água na produção de uma calça jeans caia dos 100 litros atuais para 200 mililitros. A inovação ainda vai reduzir o custo das peças em cerca de 4% — a companhia fabrica aproximadamente 1 milhão de calças jeans por ano.

Fundada há 50 anos, a Malwee faturou 1 bilhão de reais no ano passado, 7% mais do que em 2017. A empresa, presidida desde 2007 por Guilherme Weege, da família fundadora, tem 330 lojas e vende para outras 25.000 lojas multimarcas no Brasil.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também