Com meta de 450 armas por dia, Taurus quer lançar revólver de baixo custo

Fabricante de armas gaúcha redesenha sua operação para aumentar automação no processo de fabricação e consequentemente, reduzir o preço

A fabricante gaúcha de armas Taurus está redesenhando sua operação para lançar o revólver mais barato do mundo. O preço do produto, a definir, será reduzido com o aumento da automação do processo de fabricação. Os funcionários só executarão a última etapa de montagem.

“Os colaboradores não precisarão ajustar as peças com lima ou alicate, por exemplo. Serão padronizadas”, diz Salesio Nuhs, presidente da Taurus.

Com novo maquinário, a expectativa é elevar a capacidade produtiva de revólveres em 55%, para 450 armas ao dia. Começando em janeiro, a mudança deve se completar no segundo semestre de 2020.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também