Como ser um produto irresistível

Quando você trabalha em uma empresa ou é autônomo, o seu único produto é você

Por: Nathalia Arcuri

Quando você trabalha em uma empresa ou é autônomo, o seu único produto é você. Mas ao contrário dos produtos  de uma empresa já estabelecida, você não tem um time de marketing para cuidar do seu "branding", dar um tapa no seu visual, cuidar do seu posicionamento no mercado, estudar os seus concorrentes, fazer uma promoção na hora certa. 

Eu já estive na posição de contratada de uma empresa dentro de um ambiente extremamente competitivo e também já passei pela experiência de ser chefe de mim mesma até me tornar CEO da Me Poupe!. É por isso que quero compartilhar alguns aprendizados essenciais nessa jornada até aqui. 

Eu sei que é difícil se enxergar como um amaciante paradinha ou paradinho ali em uma prateleira, à espera de um consumidor para apanhá-lo, pagar pelo seu serviço e levá-lo para casa, mas pelo menos durante esse artigo, gostaria que você tentasse. 

Imaginou a situação? 

Ótimo. Podemos seguir. 

Assim como um bom amaciante, você também precisa de alguns atributos indispensáveis: 

1 - Custo-benefício

2 - Eficiência 

3 - Uma embalagem que diz a que veio 

4 - Uma proposta de valor bem clara

5 - Cumprir a promessa ofertada

Eu sei, você não é feita ou feito de plástico e tem muito mais para agregar do que um produto de limpeza, mas acredite: essa metáfora vai fazer sentido. Vou explicar do que se trata cada um desses pontos. 

1 - Custo-benefício.

Os amaciantes concentrados costumam custar o dobro do preço de um tradicional, mas lavam quatro vezes mais roupa. E aí eu te pergunto: O que vale mais a pena? Pagar R$14,00 por um litro, que rende 4 do amaciante tradicional ou R$8,00 por um amaciante de dois litros que lava o equivalente a…dois litros? 

Se você respondeu "o de R$14,00", acertou. 

É esse custo-benefício que você precisa oferecer à empresa onde você trabalha ou ao cliente que paga pelos seus serviços ou produtos. Todo mundo quer ser inteligente e fazer a melhor escolha, então mostre a eles qual é o seu "efeito amaciante concentrado" e tenha sempre em mente porque você é a melhor opção na prateleira. 

2 - Eficiência. 

O mundo está cada vez mais veloz, isso não é um segredo pra ninguém. Mas a pergunta  que você precisa se fazer como um bom amaciante é: como você está se preparando para estar sempre na máquina de lavar do seu cliente? 

Trazendo isso para o mundo real, onde você é um ser humano e não um amaciante: o que você está fazendo para entregar o melhor serviço ou produto ao seu cliente no menor tempo possível? Será que as ferramentas que você usa estão ajudando ou complicando a sua vida que já é difícil o suficiente? A gestão do seu tempo e do seu dinheiro estão mais para "amaciante vencido esquecido no fim da gôndola" ou "amaciante fresquinho pronto para ser levado pra casa"? Recomendo fortemente o uso de sistemas de gestão financeira automatizados, agendas online, disparos de e-mails para a sua base de clientes e tudo mais que você possa automatizar. 

3 - Uma embalagem que diz a que veio.

Como um bom amaciante, sua embalagem precisa ser atraente e se destacar no meio da multidão de amaciantes cheirosos e delicados. Ou seja: cuide das suas redes sociais, das suas palavras, da sua imagem e do seu cérebro. Você é aquilo que você consome, seja o alimento para o corpo, para a alma e para o cérebro. 

4 - Uma proposta de valor bem clara.

Você pode escolher ser o amaciante mais caro, mas terá que justificar a sua escolha e mais, terá que convencer as pessoas a pagarem mais por isso. Como amaciante, você pode justificar que o seu preço mais alto se justifica pela embalagem biodegradável, pela não agressão ao meio ambiente, pelos projetos sociais atrelados à sua marca, etc... 

Como ser humano na prateleira, você tem as mesmas escolhas. Qual é o valor do seu serviço ou produto? O que justifica o preço que você colocou nele? Você pagaria por isso? Acredita ser o suficiente para convencer outras pessoas? Se sim, meio caminho andado! 

5 - Cumprir a promessa ofertada.

Imagina o vexame: você foi selecionado na prateleira por causa do apelo "faço mais com menos" e na primeira lavagem a roupa sai dura de dentro da máquina. Pode ter certeza: aquele cliente nunca mais vai te botar no carrinho de novo. 

Na vida real dá pra evitar isso e te conto como: fazendo testes menos pretensiosos. Nenhum amaciante vai pra prateleira sem passar por vários testes e você pode fazer a mesma coisa. Teve uma ideia de um produto ou serviço? Quer ser um produto irresistível mas ainda não tem certeza se tá com essa bola toda? Ofereça de graça e peça feedbacks honestos. Esse é o jeito mais simples, barato e eficiente de ser o único amaciante na vida de qualquer pessoa. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também