Suas decisões de investimento são viesadas?

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) dá muita importância à educação financeira em geral e à educação do investidor em particular. Sua última publicação diz respeito a um ramo das finanças muito estudado nos últimos tempos: finanças comportamentais. A CVM disponibiliza uma série de artigos sobre o tema no blog “Penso, logo existo” (disponível em http://pensologoinvisto.cvm.gov.br/) e acaba de publicar o volume I da série CVM Comportamental: Vieses do investidor. […] <div class="read-more"><a href="http://exame.abril.com.br/rede-de-blogs/investidor-em-acao/2015/12/10/suas-decisoes-de-investimento-sao-viesadas/" class="more-link">Leia mais</a></div>

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) dá muita importância à educação financeira em geral e à educação do investidor em particular. Sua última publicação diz respeito a um ramo das finanças muito estudado nos últimos tempos: finanças comportamentais.

CVM Comportamental

A CVM disponibiliza uma série de artigos sobre o tema no blog “Penso, logo existo” (disponível em http://pensologoinvisto.cvm.gov.br/) e acaba de publicar o volume I da série CVM Comportamental: Vieses do investidor.

Lá são descritos alguns dos principais vieses comportamentais aos quais o investidor está sujeito, e o tipo de consequência que eles têm sobre o comportamento e atitudes do investidor.

A matéria é tão importante que um conhecido psicólogo e pesquisador nessa área (Daniel Kahneman) foi ganhador do prêmio Nobel de economia em 2002. Seu parceiro de pesquisas, Amos Tversky, só não foi laureado também porque já havia falecido e o prêmio Nobel não é concedido de maneira póstuma.

No livreto publicado pela CVM (disponível em http://www.portaldoinvestidor.gov.br/portaldoinvestidor/export/sites/portaldoinvestidor/publicacao/Serie-CVMComportamental/CVMComportamental-Vol1-ViesesInvestidor.pdf) são abordados os seguintes vieses:

ancoragem; aversão à perda; falácia do jogador; viés de confirmação; lacunas de empatia; autoconfiança excessivo e efeito de enquadramento.

Conforme afirma a CVM, cada vez mais, percebe-se que as decisões financeiras nem sempre são tão racionais quanto se pode supor, por isso ela passou a promover e a estimular estudos sobre comportamento financeiro.

Portanto, Atenção! Suas decisões, principalmente as financeiras, podem estar sendo alvo de vieses comportamentais; o que pode lhe trazer resultados nem sempre favoráveis.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.